Sermao de santo antonio aos peixes

sermao de santo antonio aos peixes

Quando foi proferido o sermão de Santo António aos peixes?

O Sermão de Santo António aos Peixes foi proferido na cidade de São Luís do Maranhão em 1654, na sequência de uma disputa com os colonos portugueses no Brasil. O Sermão de Santo António aos Peixes constitui um documento da surpreendente

Qual é a eficácia argumentativa do excerto do sermão de Santo António aos peixes?

Justifica, a nível da eficácia argumentativa, as alusões a um Doutor da Igreja (S. Basílio) e a Cristo. Lê, com atenção, o excerto, que se segue, retirado do Sermão de Santo António aos Peixes, e responde às perguntas de forma completa e bem estruturada.

Qual a diferença entre Santo António e o peixe?

Só uma diferença havia entre Santo António e aquele peixe: que o peixe abriu a boca contra quem se lavava, e Santo António abria a sua contra os que se não queriam lavar. Ah moradores do Maranhão, quanto eu vos pudera agora dizer neste caso! Abri, abri estas entranhas; vede, vede este coração. Mas ah sim, que me não lembrava!

Quais são as principais características do sermão?

Nas partes II a V temos o desenvolvimento do sermão. Antônio Vieira exalta as qualidades dos peixes, como a obediência, e repreende os vícios, como a soberba e o oportunismo. Deve-se destacar aí a citação de diversos tipos de peixes.

Qual a importância do sermão de Santo Antônio aos peixes?

No Sermão de Santo Antônio aos Peixes, além de exaltar a necessidade da pregação, Vieira usa a alegoria dos peixes para criticar a exploração do homem pelo homem e, mais especificamente, para condenar a escravidão indígena. Na época em que o sermão foi escrito, 1654, Padre Antônio Vieira lutava contra a escravidão indígena e contra ...

Qual a diferença entre Santo António e o peixe?

Só uma diferença havia entre Santo António e aquele peixe: que o peixe abriu a boca contra quem se lavava, e Santo António abria a sua contra os que se não queriam lavar. Ah moradores do Maranhão, quanto eu vos pudera agora dizer neste caso! Abri, abri estas entranhas; vede, vede este coração. Mas ah sim, que me não lembrava!

Quando foi escrito o sermão?

Na época em que o sermão foi escrito, 1654, Padre Antônio Vieira lutava contra a escravidão indígena e contra a exploração portuguesa. Logo depois do sermão, o Padre foi para Portugal interceder pelos índios.

Quais são as principais características do sermão?

Nas partes II a V temos o desenvolvimento do sermão. Antônio Vieira exalta as qualidades dos peixes, como a obediência, e repreende os vícios, como a soberba e o oportunismo. Deve-se destacar aí a citação de diversos tipos de peixes.

Qual é a missão de Santo Antônio aos peixes?

Por isso aqui estou para vos falar”, dizia Santo Antônio aos peixes ao perceber a ingratidão dos homens para com Deus… Aos poucos foi ficando claro que a verdadeira missão de Santo Antônio estava no púlpito; tinha eloquência, amor às almas, grande poder de persuasão e uma voz boa.

Por que Santo Antônio pregou para os peixes?

Por que Santo Antônio pregou para os peixes? Existem muitas lendas e histórias sobre a vida de Santo Antônio. Todas pretendem destacar a sua santidade e união com Deus. Uma dessas histórias é a lenda de Santo Antônio de Pádua pregando aos peixes. É contada no livro I Fioretti e revela o que aconteceu quando o santo ficou frustrado com as pessoas:

Qual a importância do sermão de Santo Antônio aos peixes?

No Sermão de Santo Antônio aos Peixes, além de exaltar a necessidade da pregação, Vieira usa a alegoria dos peixes para criticar a exploração do homem pelo homem e, mais especificamente, para condenar a escravidão indígena. Na época em que o sermão foi escrito, 1654, Padre Antônio Vieira lutava contra a escravidão indígena e contra ...

Quem foi o Santo António?

Quem foi Santo António? Batizado com o nome Fernando de Bulhões, nasceu em Lisboa, entre 1191 e 1195, na Rua das Pedras Negras, junto à Sé de Lisboa. Na casa onde nasceu e viveu a sua infância está hoje a Igreja de Santo António, e na Cripta é possível ver um pedaço de um dos ossos do Santo, autenticado por Bula.

Postagens relacionadas: