Implante contraceptivo

implante contraceptivo

O que é implante contraceptivo e para que serve?

O implante contraceptivo é um método seguro para controlo da natalidade, de fácil colocação e remoção. Consiste num pequeno reservatório hormonal que liberta diariamente uma dose constante de um progestagéneo que inibe a ovulação.

O que é um implante anticoncepcional?

O implante contraceptivo também altera a motilidade tubária, de forma que caso exista ovulação o óvulo não consegue ser deslocado ao longo da tuba uterina, e promove a atrofia do endométrio, evitando que ocorra implantação de possível embrião e, consequentemente, prevenindo o desenvolvimento de gravidez.

Como é o contorno do implante?

O contorno do implante normalmente não pode ser visto, embora deixe uma pequena cicatriz e possa ser sentido sob a pele (1). Após a colocação do implante, ele será enfaixado por alguns dias (2,3). A inserção do implante também pode deixar um hematoma no braço que pode levar dias para desaparecer (1).

Quais são os efeitos colaterais do implante?

Durante um período de três anos de uso do implante, oscilações de humor foram um dos efeitos colaterais mais relatados O implante é um tipo de contracepção reversível de ação prolongada ( CRAPs) que é colocado no tecido subcutâneo do braço.

Como funciona a ação contraceptiva do implante?

A ação contraceptiva do implante é reversível, e o implante pode sim ser retirado a qualquer momento. Pouco tempo após a retirada do implante, ocorre o retorno ao ciclo menstrual normal. A ação do etonogestrel é de apenas inibir a ovulação, no entanto a atividade promovida pelos ovários não é totalmente suprimida.

Quais são as vantagens e desvantagens do implante contraceptivo?

alta eficácia: 5 entre 10 mil mulheres engravidam usando o implante contraceptivo, enquanto as estatística apontam que de cinco a nove em cada 100 mulheres americanas ficam grávidas usando a pílula. Embora o implante contraceptivo apresenta muitas vantagens, ele também tem o seu lado negativo e ele também possui as suas contra indicações.

O que é um implante anticoncepcional?

O implante contraceptivo também altera a motilidade tubária, de forma que caso exista ovulação o óvulo não consegue ser deslocado ao longo da tuba uterina, e promove a atrofia do endométrio, evitando que ocorra implantação de possível embrião e, consequentemente, prevenindo o desenvolvimento de gravidez.

Como funciona o implante hormonal?

O implante hormonal é um método de longa duração, com alta eficácia e efeito rapidamente reversível. É importante lembrar que o implante não previne as infecções sexualmente transmissíveis. Ao ser retirado, o efeito contraceptivo do implante passa rapidamente com o retorno da fertilidade e a mulher retoma a possibilidade de engravidar.

O implante contraceptivo libera o hormônio de forma lenta e contínua na corrente sanguínea e desempenha duas ações para evitar a gravidez: Torna o muco cervical mais espesso, o que dificulta a movimentação dos espermatozoides pelo canal vaginal. O implante anticoncepcional é fácil de ser colocado? Sim.

Qual a diferença entre implante anticoncepcional e implante Implanon?

O Implanon® é o implante subcutâneo liberado para uso no Brasil, no entanto, ainda não é ofertado pelo Sistema Único de Saúde. O seu efeito é de 3 anos. O implante anticoncepcional é um bastão pequeno com cerca de 2 mm de diâmetro e 4 cm de comprimento, semelhante a um palito de fósforo. Como funciona o implante anticoncepcional?

Qual a diferença entre implante e pílula anticoncepcional?

Quais são os efeitos colaterais do implante?

Durante um período de três anos de uso do implante, oscilações de humor foram um dos efeitos colaterais mais relatados O implante é um tipo de contracepção reversível de ação prolongada ( CRAPs) que é colocado no tecido subcutâneo do braço.

Por que as pessoas deixaram de usar implantes?

Em um estudo que avaliou 942 pessoas com implantes em todo o mundo, cerca de 4% deixaram de usá-lo devido a alterações no humor ou na saúde mental, incluindo oscilações de humor, nervosismo e depressão (13). As taxas de remoção de implante devido a relatos de alterações na saúde mental foram maiores nos EUA em comparação a outros países (13).

Quais são os motivos mais comuns para remover o implante?

Sangramentos ou manchas prolongadas ou frequentes são mais comuns nos primeiros meses de uso do implante (1). 11% de quem remove o implante o faz devido a irregularidades no sangramento, sendo que o sangramento frequente ou prolongado são os dois motivos mais comuns para optar pela remoção do implante (14).

Qual a importância dos implantes cocleares?

Os implantes cocleares são pequenos dispositivos eletrônicos que ajudam pessoas com problemas de audição. Saiba mais sobre a cirurgia de implante coclear. Os implantes cocleares são usados por pessoas que sofrem de perda auditiva ou hipoacusia (diminuição da capacidade auditiva), de grau severo a profundo.

Onde é colocado o implante? Pode desaparecer? O implante é colocado pelo médico, com anestesia local, normalmente no braço esquerdo, debaixo da pele. O implante não desaparece. Como é removido o implante?

Quais as vantagens e desvantagens do implante?

Postagens relacionadas: