Bronquiolite bebe

bronquiolite bebe

O que é a bronquiolite?

A bronquiolite – inflamação dos bronquíolos – se traduz clinicamente por broncoespasmo (chiado no peito) e tosse com expectoração. Obs: A bronquiolite obliterante e a bronquiolite obliterante com pneumonia organizada (BOOP) são doenças diferentes da bronquiolite e não serão abordadas neste texto.

Quais os sintomas da bronquiolite em bebês e crianças?

A bronquiolite é mais comum em crianças e bebês, mas pode acometer também idosos e pessoas alérgicas quando expostas a substâncias irritantes, além de indivíduos com Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC). Os sintomas das duas doenças podem ser parecidos, com falta de ar, chiado no peito e tosse com secreção.

Quais são os vírus que causam bronquiolite?

O VSR não é o único vírus que pode causar bronquiolite: o rinovírus (do resfriado comum), o adenovírus, o influenza (da gripe) e outros também provocam a doença. Pesquisas indicam que bebês infectados pelo vírus VSR podem ficar mais suscetíveis à asma e a outros problemas respiratórios no futuro, mas a relação não foi completamente estabelecida.

Como prevenir bronquiolite?

A bronquiolite é uma doença contagiosa. Uma criança contrai o vírus causador da mesma forma que contrairia o vírus do resfriado e da gripe – no ar, geralmente após uma pessoa doente tossir, espirrar ou falar. Também é possível contrair bronquiolite por meio de objetos compartilhados, tais como utensílios de cozinha, toalhas ou brinquedos.

O que é bronquiolite em bebês?

Revisão médica: Drª. Beatriz Beltrame A bronquiolite é uma inflamação aguda das vias aéreas mais estreitas do pulmão, conhecidas como bronquíolos, que acontece com maior frequência em bebês com menos de 2 anos devido à uma infecção por vírus.

Qual é a diferença entre bronquiolite e internamento?

Na maioria dos casos, a bronquiolite resolve-se sozinha e o seu bebé irá sentir-se melhor em poucos dias, mas há casos que requerem internamento. 1. O que é a bronquiolite? A bronquiolite é uma infeção viral das vias aéreas, sendo o agente mais frequente o Vírus Sincicial Respiratório (VSR).

O que é bronquiolite aguda?

O que é bronquiolite? Causas, sintomas e tratamento Existem diferentes doenças que são características da infância e dos primeiros anos de vida do bebê. A bronquiolite aguda é um desses exemplos. Facilmente confundida com um resfriado, muitas vezes a complicação não é descoberta até que o quadro evolua.

Quais são os fatores de risco para a bronquiolite?

Bronquiolite pode, eventualmente, também ser causada por infecção bacteriana, mas é raro. A infecção viral faz com que os bronquíolos inchem e fiquem inflamados. O muco fica acumulado nos bronquíolos, o que dificulta o fluxo do ar para dentro e para fora dos pulmões.

Em bebês menores de 6 meses a bronquiolite pode ser bastante perigosa e precisa de acompanhamento e tratamento o quanto antes. A doença é a maior causa de internação em UTI pediátrica por doença respiratória nessa idade. Leia também nosso artigo sobre os sintomas de Covid-19 e conheça os sinais de alerta. O que causa a bronquiolite?

O que é bronquiolite em crianças?

Quais as causas da bronquiolite?

A bronquiolite ocorre quase sempre quando um vírus infecta os bronquíolos, que são as menores das vias aéreas, ramificadas a partir dos brônquios – os principais tubos de respiração dos pulmões. Bronquiolite pode, eventualmente, também ser causada por infecção bacteriana, mas é raro.

O que é bronquiolite no pulmão do bebê?

Afetando a parte mais delicada do pulmão do bebê, a bronquiolite é a infecção dos bronquíolos, estrutura que dá continuidade aos brônquios. Os brônquios, por sua vez, são os tubos responsáveis por levar oxigênio ao órgão.

Qual a função dos brônquios?

Os brônquios, por sua vez, são os tubos responsáveis por levar oxigênio ao órgão. Essa é uma infecção, decorrente diretamente do contato com vírus prejudiciais ao sistema respiratório.

Por que as crianças têm mais riscos de contrair bronquiolite?

Isso porque o aparelho respiratório de crianças muito pequenas ainda não está totalmente desenvolvido, bem como o sistema imunológico. Por isso, bebês prematuros e crianças menores de um ano possuem os maiores riscos de contrair bronquiolite.

Postagens relacionadas: