Bronquite

bronquite

Quais são os tipos de bronquite?

Esta inflamação brônquica provoca tosse com expectoração, por vezes, mucosa. Essencialmente, podemos identificar dois tipos de bronquite ( crónica e aguda ). A bronquite aguda ou traqueobronquite é precedida por uma infeção respiratória alta (vulgo constipação) que posteriormente se prolonga aos brônquios. É, efetivamente, uma entidade muito comum.

Como ocorre a bronquite crônica?

A bronquite crônica é definida como uma tosse que produz escarro e que persiste por cerca de três meses ao ano por pelo menos dois anos consecutivos.

Quais exames são indicados para diagnóstico de bronquite?

Para confirmar o diagnóstico, é normalmente solicitada a realização de exames de imagem, como raio-X do tórax. Pode ainda ser indicada a realização do exame de escarro, espirometria ou prova da função pulmonar, pois assim é possível descartar outras causas, principalmente a pneumonia.

Qual a prevalência da bronquite no Brasil?

De acordo com um estudo realizado no país, a bronquite aumenta de prevalência com a idade, sendo de cerca de 12,5% nos homens e de 10,2% nas mulheres com idades entre os 75 e os 84 anos. Em termos globais, a bronquite afeta cerca de 3,7% da população portuguesa.

O que é bronquite e como é tratada?

Bronquite é a doença que causa inflamação dos brônquios, que são os tubos que levam o oxigênio até os pulmões. A doença pode ocorrer na forma aguda e na forma crônica. Na forma aguda nota-se o chiado no peito, tosse e dificuldade para respirar.

Quais são os fatores de risco da bronquite?

A bronquite aguda ocorre através de um vírus, esse vírus é parente bem próximo de outros vírus que ocasionam a gripe e o resfriado, por sua vez, a bronquite crônica, é mais séria, como mesmo dito no decorrer do artigo, a mesma é ocasionada principalmente pelo uso de cigarros, a grande poluição do ar, gases tóxicos, e poeiras.

Como ocorre a bronquite crônica?

A bronquite crônica é definida como uma tosse que produz escarro e que persiste por cerca de três meses ao ano por pelo menos dois anos consecutivos.

O que é a bronquite aguda?

Geralmente, a bronquite começa com os mesmos sintomas de uma constipação comum, seguida de uma tosse persistente. Neste artigo, entre outros, abordamos os principais sintomas da bronquite, as suas causas e o seu tratamento. Acompanhe agora e boa leitura!

Como diagnosticar bronquite?

O médico especialista na área, realizara um exame físico com um espécie de estetoscópio para avaliar os pulmões no processo de respiração.

Quais exames podem ser úteis para a bronquite?

Exames que podem ser úteis são: raio-x, exame do escarro e a espirometria para avaliar a extensão da bronquite e, assim, indicar a melhor forma de tratamento. Como os medicamentos podem ajudar no desenvolvimento da bronquite?

Quais os sintomas de bronquite?

Falta de apetite. No caso da bronquite aguda, a pessoa pode também apresentar sintomas parecidos com o resfriado comum ou sinusite como dores de garganta, de cabeça ou no corpo e nariz escorrendo ou entupido, que geralmente melhoram em 1 semana.

Quais são os broncodilatadores usados no tratamento da bronquite?

Expectorantes Os expectorantes, como guaifenesina ou ambroxol, ajudam a deixar o catarro menos grosso, o que facilita sua eliminação. Além disso, também podem ter ação antitussígena, ou seja, ajudam a aliviar a tosse. Esses medicamentos podem ser indicados pelo médico para o tratamento da bronquite, especialmente da bronquite crônica. 5.

Todos esses fatores, somados com a carga genética do indivíduo e a condição do sistema imunológico, contribuem para o surgimento da bronquite crônica. Quais são os fatores de risco da bronquite? É importante conhecer os fatores que levam ao aumento das chances de desenvolvimento da bronquite.

Quanto tempo dura a bronquite crônica?

Postagens relacionadas: