Feira agricultura santarém

feira agricultura santarém

Qual é a maior feira agrícola de Santarém?

A Feira Nacional de Agricultura é considerada uma das maiores, se não for a maior feira agrícola nacional. Até 1994, esta feira recebia milhares de produtores e visitantes num recinto improvisado no Campo Infante da Câmara junto à Monumental de Santarém.

Quais são os principais eventos da Feira Nacional de Agricultura?

Durante a Feira Nacional de Agricultura recebe dezenas de milhares de pessoas nos múltiplos eventos que a Feira tem. A feira é realizada nas primeiras semanas de junho e tem como principal objectivo ser a principal feira do ribatejo. Desde exposições agricolas aos tradicionais espetáculos passando pelas exposições gastronómicas e de artesanato.

Qual a importância do cavalo na Feira Nacional de Agricultura?

Relativamente às Atividades Equestres, realce para a 1a Exibição Luso-Espanhola de Atrelagem de Tradição que decorrerá a 10 de junho., mas muitas outras atividades destacam a importância do cavalo na Feira Nacional de Agricultura, com a presença das principais coudelarias.

Como funciona o autocarro da Feira Nacional de Agricultura?

Tal como em anos anteriores, a Feira Nacional de Agricultura, em colaboração com a Rodoviária do Tejo, irá colocar ao serviço dos visitantes do evento um serviço de autocarro gratuito para que os visitantes possam deslocar-se com mais facilidade. Cadernetas de 10 Bilhetes: 50,00 € (Cada bilhete permite uma única entrada.

Quais são as principais características da Feira do Ribatejo?

Mantendo a sua componente genuinamente ribatejana, ou escalabitana, pelos touros e o que estes envolvem, os garbosos campinos, o folclore e a gastronomia locais, a Feira do Ribatejo, em pouco mais de 10 anos foi adquirindo uma dimensão crescente, para ela fazendo convergir todo o setor agropecuário e agroalimentar portugueses.

Qual a importância do CNEMA para a cidade de Santarém?

Sendo o CNEMA uma instituição relevante para a cidade de Santarém e da sua afirmação como capital agrícola do país – onde a própria Câmara tem participação social, justificava a decisão política de tentar salvá-la de uma iminente falência.

Quais são as duas feiras que passam a ser siamesas?

Estas duas feiras, que passaram a ser siamesas, foram explanando-se no Chã de S. Lázaro, que entretanto passou a ser denominado Campo Emílio Infante da Câmara e em 1994 transitaram para cerca de 2 km da cidade de Santarém, os 64 hectares onde foram implantadas nas instalações do CNEMA (Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas).

Como surgiu a Feira Nacional do cavalo?

Em meados do século XVIII, teve o seu começo a Feira da Golegã, chamada até 1972 Feira de São Martinho, data a partir da qual passou a denominar-se Feira Nacional do Cavalo. É a Feira Nacional do Cavalo a mais importante e mais castiça de todas as feiras que no seu género se realizam em Portugal e no Mundo.

Como funciona o autocarro da Feira Nacional de Agricultura?

Tal como em anos anteriores, a Feira Nacional de Agricultura, em colaboração com a Rodoviária do Tejo, irá colocar ao serviço dos visitantes do evento um serviço de autocarro gratuito para que os visitantes possam deslocar-se com mais facilidade.

Qual é a capital do cavalo?

A Golegã há muito que passou a ser a Capital do Cavalo. O dia de São Martinho de Feira, que foi, tradicionalmente, o dia 11 de Novembro, passou ao ser mais belo e único espectáculo equestre público que se realiza a nível gratuito entre nós.

Quantos cavalos tem o Brasil?

De acordo com o Ministério da Agricultura (MAPA, 2012), o Brasil possui cerca de 5,8 milhões de cavalos e classificado como o maior rebanho na América Latina e o terceiro mundial, perdendo somente para a China e México. A maior população brasileira de equinos encontra-se na região Sudeste, seguida pelas regiões Nordeste, Centro-Oeste, Sul e Norte.

sta

Postagens relacionadas: