Ácido acetilsalicilico

ácido acetilsalicilico

Qual é a diferença entre o ácido acetilsalicílico e o salicilato?

Tanto o ácido acetilsalicílico como o ácido salicílico ligam-se amplamente às proteínas plasmáticas e são rapidamente distribuídos a todas as partes do organismo. O salicilato é distribuído para a maioria dos tecidos do corpo e para quase todos os líquidos transcelulares; atravessa facilmente a barreira placentária.

Como é feita a síntese do ácido acetilsalicílico?

Síntese do ácido acetilsalicílico O processo de síntese consiste em tratar o ácido salicílico com anidrido acético, em presença de um pouco de ácido sulfúrico, que atua como catalisador. Técnicas como filtração a vácuo e recristalização podem ser empregadas.

Como o ácido acetilsalicílico é metabolizado?

O ácido acetilsalicílico sofre metabolização por esterases da mucosa digestiva que o hidrolisam a ácido salicílico e por estearases hepáticas que dão origem a vários metabólitos inactivos. Metabolismo Digestivo e plasmático: rápida desacetilação originando ácido acético + ácido salicílico

Como tomar ácido acetilsalicílico?

O ácido acetilsalicílico deve ser tomado por via oral, com um copo de água e, de preferência, após uma refeição para reduzir a irritação no estômago. As doses do ácido acetilsalicílico dependem da condição a ser tratada e da idade da pessoa, e incluem:

Qual a função do ácido acetilsalicílico?

O ácido acetilsalicílico, comercializado como aspirina®, é um composto de função mista (grupos do ácido carboxílico e do éster), que é obtido por meio do ácido salicílico. Ouvir: Ácido Acetilsalicílico (AAS).

O que é ácido salicílico e para que serve?

O ácido salicílico é classificado como agente queratolítico, enquanto o ácido acetilsalicílico é um analgésico. O primeiro é usado para reduzir o inchaço e vermelhidão para desobstruir os poros da pele e tratar a acne e pele seca.

Quem inventou o ácido acetilsalicílico?

Mas um marco mesmo ocorreu em 1859, quando o químico alemão Adolf Hermann Kolbe (1818-1884) desenvolveu o método de sintetização do ácido acetilsalicílico, a partir do ácido salicílico. O ácido acetilsalicílico é comercializado hoje como Aspirina®, pois Kolbe trabalhava nos laboratórios das Indústrias Bayer, quando fez essa descoberta.

Qual a diferença entre aspirina e ácido acetilsalicílico?

O ácido acetilsalicílico, ou aspirina, é uma substância branca, cristalina, ligeiramente ácida. É um derivado do acetil do ácido salicílico. Esse medicamento é usado para aliviar dores de cabeça, articulações e músculos, para reduzir a febre, inflamação e inchaço.

Qual é a função do ácido acetilsalicílico?

Um dos medicamentos mais conhecidos à base de Ácido acetilsalicílico é a Aspirina. O Ácido acetilsalicílico é utilizado no tratamento de um número de condições, incluindo febre, dor, febre reumática, e doenças inflamatórias, tais como artrite reumatóide, pericardite, e doença de Kawasaki.

Como tomar ácido acetilsalicílico?

O ácido acetilsalicílico deve ser tomado por via oral, com um copo de água e, de preferência, após uma refeição para reduzir a irritação no estômago. As doses do ácido acetilsalicílico dependem da condição a ser tratada e da idade da pessoa, e incluem:

Quem inventou o ácido acetilsalicílico?

Mas um marco mesmo ocorreu em 1859, quando o químico alemão Adolf Hermann Kolbe (1818-1884) desenvolveu o método de sintetização do ácido acetilsalicílico, a partir do ácido salicílico. O ácido acetilsalicílico é comercializado hoje como Aspirina®, pois Kolbe trabalhava nos laboratórios das Indústrias Bayer, quando fez essa descoberta.

Quais são as interacções entre o ácido acetilsalicílico e o inibidor da cicloo?

Interacções: Medicamentos anti-inflamatórios não esteróides (AINEs) incluindo ácido acetilsalicílico: A administração crónica de AINEs (incluindo inibidores seletivos da ciclooxigenase-2) pode reduzir o efeito anti-hipertensor de um inibidor da ECA. Os AINEs e os inibidores da ECA exercem um efeito aditivo na deterioração da função renal.

Postagens relacionadas: