Baile funk lisboa

baile funk lisboa

Qual a importância do funk em Portugal?

Depois de vencido o estranhamento, principalmente sobre as letras, há admiração em Portugal pelo funk como movimento de libertação e transformação social e também curiosidade sobre o território de onde saem tantos talentos.

Quem é a primeira mulher a abrir o baile em Lisboa?

Uma mulher se destaca nos caminhos recentes do funk em Lisboa. A paraibana Kamila Ferreira é apontada como uma das primeiras a abrir o baile em Portugal. Na capital do país desde 2015, ela é conhecida como DJ King Kami, além de ser uma das metades do duo Caravagyo.

Quem é o ídolo do funk?

Em 2019, MC Kevinho, ídolo em Portugal, lotou a principal casa de shows bracarense: 13 mil pessoas. O funk está também na rádio Cidade FM com o programa Baile na Cidade, às sextas-feiras. É uma reprodução do I Love Baile Funk, um megashow de sucesso que já foi à Suíça.

Quais são as influências do funk?

O funk é uma mistura de ritmos e de influências musicais que conquistou o mundo. Com sua batida envolvente e solta, ele faz parte da balada de jovens de todas as classes sociais, desde os bailes de favela às boates da zona sul. Com raízes na música negra americana, o ritmo visto somente como diversão também tem sua face mais densa e engajada.

Por que o funk é tão importante para a dança?

Com batidas contagiantes, envolventes e letras sensuais, ele foi feito muito mais para dançar do que para dialogar com seu público. A proposta inicial do funk se concretizava através da dança dos b-boys e das b-girls, grupos de dançarinos americanos, que faziam uma disputa de melhor performance através da dança.

Qual é a mensagem do funk?

A mensagem do funk é mexa-se, dance, movimente-se, viva. Esta é a “onda” que certamente envolve e se identifica com os jovens de uma maneira geral. O funk e o Rio de janeiro tem uma história de amor antiga, uma identificação rítmica, que nasceu nos primeiros bailes ainda anos de 1970.

Quais são as influências do funk?

Na vertente praticada pelo movimento Miami Bass, as letras e as coreografias são mais erotizadas e possuem influência cubana como a rumba. Nessa década se verifica a aproximação do funk com a poesia do rap, algo que fará muito sucesso no Brasil, especialmente no Rio de Janeiro.

Como surgiu o funk na década de 60?

Década de 60: O Funk Indecente. O funk surgiu como uma “mescla” entre os estilos R&B, jazz e soul. No início, o estilo era considerado indecente, pois a palavra “funk” tinha conotações sexuais na língua inglesa. O funk acabou incorporando a característica, tem uma música com um ritmo mais lento e dançante, sexy, solto, com frases repetidas.

Qual a importância do funk nas músicas dos anos 90?

Nos anos 90, com o aumento da violência urbana e a invasão das favelas por forças policiais, as letras passaram a contar esta realidade, como percebemos no Rap das Armas . Por outro lado, o funk também foi usado para pedir direitos civis, como está claro em Eu só quero é ser feliz , ambas de MC Cidinho e MC Doca.

Como surgiu o gênero musical funk?

Este gênero musical surgiu da combinação de vários ritmos negros populares como o blues, gospel, jazz e soul, que faziam sucesso nos Estados Unidos. A palavra “ funk ” ou “ funky ” era usada pelos músicos de jazz como uma forma de pedir aos colegas de banda que pusessem mais “força” ao ritmo.

Postagens relacionadas: