Jornal observador

jornal observador

Quem são os jornalistas do observador?

Os dois jornalistas mais conhecidos da equipa do Observador são o José Manuel Fernandes, que será administrador e publisher, sendo também colunista, e o David Dinis, o diretor editorial, com funções mais executivas.

Como surgiu o observador?

O Observador começou por ser uma conversa entre um jornalista, José Manuel Fernandes, um historiador e colaborador de jornais, Rui Ramos, e um empresário e gestor, António Carrapatoso. Uma conversa que se iniciou em janeiro de 2012 e durou quase dois anos. O ponto de partida foi a insatisfação com a informação que se produzia e produz em Portugal.

Quem é o maior acionista do observador?

O Observador nunca escondeu a identidade dos seus acionistas, sempre a divulgou publicamente, ao contrário do que sucede com outros órgãos de informação. O maior acionista é Luís Amaral, com mais de 40% do capital, um empresário que tem o seu maior investimento na Polónia.

Quantos jornalistas tem o jornalismo brasileiro?

No primeiro mês, reportou 630 mil visitantes, e em agosto de 2015, registou cerca de seis milhões de visitas e 35 milhões de páginas vistas. Em agosto de 2017, registou doze milhões de visitas e 46 milhões de páginas vistas. No mesmo mês, contava com 40 jornalistas na sua equipa.

Quantos jornalistas tem o jornalismo brasileiro?

No primeiro mês, reportou 630 mil visitantes, e em agosto de 2015, registou cerca de seis milhões de visitas e 35 milhões de páginas vistas. Em agosto de 2017, registou doze milhões de visitas e 46 milhões de páginas vistas. No mesmo mês, contava com 40 jornalistas na sua equipa.

Quem é o dono do jornal Observador?

O jornal Observador nasceu na internet após um investimento de vários empresários nacionais. Luís Amaral detém mais de 45,6% do capital da empresa.

Como surgiu o observador?

O Observador começou por ser uma conversa entre um jornalista, José Manuel Fernandes, um historiador e colaborador de jornais, Rui Ramos, e um empresário e gestor, António Carrapatoso. Uma conversa que se iniciou em janeiro de 2012 e durou quase dois anos. O ponto de partida foi a insatisfação com a informação que se produzia e produz em Portugal.

Quem é o maior acionista do observador?

O Observador nunca escondeu a identidade dos seus acionistas, sempre a divulgou publicamente, ao contrário do que sucede com outros órgãos de informação. O maior acionista é Luís Amaral, com mais de 40% do capital, um empresário que tem o seu maior investimento na Polónia.

Postagens relacionadas: